Análise em Bitcoin

Gostou ? Compartilhe !

Bitcoin testando resistência

 

Gráfico Bitcoin

Antes de mais nada, apesar do gráfico diário, os pivots foram marcados observando o gráfico mensal (conforme pode ser visto no vídeo logo abaixo). Temos três preços pivôs basicamente: R$34621, R$28651 e R$24114. Ao marcar os preços pivôs em um gráfico em uma unidade de tempo maior (como o mensal por exemplo), a gente não se perde tanto em regiões “sombra”. O gráfico diário vai nos informar conforme a sua dinâmica, como o gráfico semanal estará evoluindo (óbvio).

Além dos preços pivôs e das médias móveis (201 e 51 períodos, candles), adicionei também o Índice de Força Relativa para julgar os preços, OBV (On Balance Volume) para observar os saldos de volumes (entre volumes de alta e de baixa) e a coerência com a tendência, MACD e ADX para julgar as tendências (ou a falta delas, onde então, a leitura do Índice de Força Relativa será mais “conservadora”, respeitando o Índice de Força Relativa como um oscilador).

Basicamente esta será a configuração padrão para observarmos a bitcoin. Aproveito, além de realizar a postagem de um vídeo (assunto deste artigo, bitcoin) novo no meu canal YouTube, onde estarei postando também algumas dessas observações.

Palavras finais… Bitcoin: Vale comprar no momento ?

 

Pelo observado, tanto no vídeo quanto nos gráficos (que também estão no vídeo), a atual região de R$34 621,00 está se comportando como uma região de resistência, e os preços podem corrigir a alta apresentada. O que é importante agora em termos de Bitcoin é observar o comportamento da criptomoeda na faixa de preços de R$34621 ao suporte em R$28651 (quase R$6 mil de diferença…), são preços pivôs distantes e nada impede a existência de pivôs no gráfico diário e intraday (marcados também por outros métodos), a questão é o risco desses pivôs serem respeitados já que a lógica envolvendo essas regiões de suporte e resistência é se o ativo em questão irá romper ou não. Para isso é necessário consistência no movimento de preços assim como da região de preços em questão ter mais chances de ser respeitada.

O raciocínio para o momento é, havendo correção da bitcoin se o OBV apresentará coerência com esta queda (isso é muito importante), como o OBV mede saldo de volumes ao apresentar coerência com uma queda de preços por exemplo: E’ sinal de que há saída de volume no mercado em questão, e por isso mesmo, a queda possui mais consistência do que caso não houvesse tal saída.   Outro fato a observar é se os candles passarão a andar de lado neste momento e se a atual região estará sendo respeitada como resistência, é bom lembrar que nesse momento de indecisão  (havendo mercado andando de lado) podem aparecer as famosas “figuras de continuidade” e será oportuno verificar volume e a existência de padrão de compra.

Bons trades!


Gostou ? Compartilhe !